sexta-feira, 24 de abril de 2015

Pensamento do dia - Tales de Mileto

Tales de Mileto era um cara foda mesmo. Revolucionou a Mãe Grécia há cinco séculos antes de Cristo. O cara descobriu que a principal lei da existência era a Dialética, que, treze séculos depois, vieram atribuir a caras como Hegel. Ontem, durante a leitura de meu manual de filosofia do ensino médio, uma das minhas estratégias para pegar no sono (a outra é tomar uma banho quente e uma tijela de mingau Cremogema), colhi algumas frases, já pensando em alimentar hoje este blog com algumas pitadas de erudição. Ei-las:

"A mesma coisa são o vivo e o morto, o desperto e o adormecido, o jovem e o velho: estes, de fato, mudando, tornam-se aqueles, e aqueles, mudando, por sua vez se transformam nestes.


As coisas frias esquentam, as quentes esfriam;o que é úmido seca, o que é árido, umedece-se.

A harmonia escondida vale mais do que aquela que aparece.


O caminho em subida e em descida é um só e o mesmo.

Aquilo que está em oposição se concilia; das coisas diferentes nasce a mais bela harmonia e tudo é criado pelos contrários.

Tudo é um.".

Nossa, uma lição que se pode aprender durante toda uma vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário