quinta-feira, 23 de abril de 2015

Rapidinhas do dia...


Mais fundo
É isso mesmo, eu pensei que a presidente Dilma ia vetar, mas não, não; ela sancionou a emenda ao Orçamento de 2015 que aumentou de 289 para 867 milhões as verbas do Fundo Partidário, dinheiro repassado aos partidos para os políticos fazerem política. Depois ela vai pra televisão choramingar dizendo que tem que fazer ajuste por que o governo não tem dinheiro, que tem que aumentar imposto, energia, gasolina, retirar direitos trabalhistas, etc. Na verdade Dilma está indo mais fundo em sua amizade com quem realmente lhe mantém no poder, por que se dependesse do povo, já era.

De menor
A proposta de redução da maioridade penal acabou de ser aprovada na CCJ da Câmara dos Deputados. A julgar pela agilidade da "bancada da bala" na pré-aprovação da emenda, os de menor que se preparem para enfrentar os rigores da lei e das prisões brasileiras. O engraçado foi quando o repórter Caco Barcellos refutou um dos principais argumentos alegado por um dos "baleiros", o de que os adolescentes menores são responsáveis pela maior dos crimes de maior potencial ofensivo ocorrido no país. Perguntado, um dos deputados da bala alegou que girava em torno de 65%, enquanto a reportagem do Profissão Repórter esclareceu que girava em torno de menos de 1%. Vai estudar, deputado Silas Freira (PR-PI).

Pagãos assumidos e não assumidos 
Enquanto a Globo defende em suas novelas bandeiras consideradas laicas e pagãs, como casamento gay, estado laico, liberdade de pensamento, a Record fortalece em seus folhetins a temática religiosa, como ocorre com Os Dez Mandamentos. Mas é só mesmo nas novelas, porque no resto da programação a "sem-vergonhice" é a mesma; é só assistir a programas como Legendários, Gugu e Sabrina, pra ver que o Bispo também gosta de faturar em cima da indústria semipornográfica e do besteirol.



Nenhum comentário:

Postar um comentário